Grupo Recuperar - Clínicas de Recuperação - Fones: 11 4611 51 66 - Whatsapp 11 9 5050 7673 / ajudaterapia@gmail.com
tratamento para alcoolatras

Tratamento para Alcoolatras

Clínicas de Recuperação Tratamento para Alcoolatras

O alcoolismo é uma doença crônica.

Leva a pessoa a não conseguir controlar a ingestão do álcool devido a uma dependência emocional e física.

Os sintomas comuns são consumo repetido e exagerado de álcool apesar de problemas familiares, legais e de saúde.

Alcoólatras ou alcoólicos podem iniciar o dia com uma dose, sentir culpa por beber e tentar reduzir a frequência.

Mas pelo fato do organismo estar acostumado com a substancia o mesmo pede doses cada vez maiores e mais frequentes.

O tratamento para o alcoólatra envolve o aconselhamento por um profissional de saúde.

Um programa de desintoxicação em um hospital ou clínica médica é uma opção para aqueles que necessitam de assistência adicional.

O alcoolismo tem inúmeras consequência e pode levar a pessoa a morte se a doença não for tratada.

O Alcoolismo na história

A partir de um processo de fermentação natural ocorrido há aproximadamente 10.000 anos o ser humano passou a consumir e a atribuir diferentes significados ao uso do álcool.

Os celtas, gregos, romanos, egípcios e babilônios registraram de alguma forma o consumo e a produção de bebidas alcoólicas.

Em uma das mais belas passagens do Antigo Testamento da Bíblia (Gênesis 9.21).

Noé, após o dilúvio, plantou vinha e fez o vinho.

Fez uso da bebida a ponto de se embriagar.

Reza a bíblia que Noé gritou, tirou a roupa e desmaiou. Momentos depois seu filho Cam o encontrou “tendo à mostra as suas vergonhas”.

Foi a primeiro relato que se tem conhecimento de um caso de embriaguez.

Michelangelo, famoso pintor renascentista (1475-1564), se inspirou nesse episódio pintar um belíssimo afresco, com esse nome, no teto da Capela Sistina, no Vaticano.

Nota-se, assim, que não apenas o uso de álcool, mas também a sua embriaguez são aspectos que acompanham a humanidade desde seus primórdios.

Durante o século 20, países como a França passam a estabelecer a maioridade de 18 anos para o consumo de álcool.

E em janeiro de 1920 o estado Americano decreta a Lei Seca que teve duração de quase 12 anos.

A Lei Seca proibiu a fabricação, venda, troca, transporte, importação, exportação, distribuição, posse e consumo de bebida alcoólica e foi considerada por muitos um desastre para a saúde pública e economia americana.

DSM

Foi no ano de 1952 com a primeira edição do DSM-I (Diagnostic and Statistical Manual of Mental Disorders) que o alcoolismo passou a ser tratado como doença.

CID

No ano de 1967, o conceito de doença do alcoolismo foi incorporado pela Organização Mundial de Saúde à Classificação Internacional das Doenças (CID-8).

A partir da 8ª Conferência Mundial de Saúde.

No CID-8, os problemas relacionados ao uso de álcool foram inseridos dentro de uma categoria mais ampla de transtornos de personalidade e de neuroses.

Esses problemas foram divididos em três categorias: dependência, episódios de beber excessivo (abuso) e beber excessivo habitual.

A dependência de álcool foi caracteriza pelo uso compulsivo de bebidas alcoólicas e pela manifestação de sintomas de abstinência após a cessação do uso de álcool.

Possuímos unidades de tratamento para alcoólatras, tratamento para homens e mulheres, internações voluntárias e involuntárias.

Consulte Nossas Clinicas de tratamento para alcoólatras e outras substâncias e Saiba Mais.

UNIDADES MASCULINAS

UNIDADES FEMININAS

UNIDADES ALTO PADRAO

Internação Involuntária

O período inicial do tratamento é o período onde se requer maior atenção, pois o paciente está no início de sua desintoxicação e sua síndrome de abstinência está em alta. Após a entrada do paciente na clínica, o local tem 72 horas para avisar o ministério público. ACESSE PARA SABER MAIS:

Centro Terapeutico

Possuímos unidades para de reabilitação para dependentes químicos, alcoólatras e pessoas com transtornos psiquiátricos. Internação para homens e mulheres, internação de baixo custo e de alto padrão. Pagamento parcelado em boleto bancário e unidades que aceitam planos de saúde. ACESSE.

Tratamento para usuários

O crack é dito por muitas pesquisas que é mais barato do que a cocaína, porém não é o que foi constatado, pois comparando a utilização de ambas as drogas, o crack acaba mais rápido e o efeito, apesar de mais forte, é mais curto que o da cocaína, durando cerca de 20 minutos no máximo.O uso do crack frequentemente leva o usuário à prática de pequenos delitos, para obter a droga. ACESSE PARA SABER MAIS:

Tratamento para Alcoólatras

O alcoolismo é uma doença crônica., pode levar a pessoa a não conseguir controlar a ingestão do álcool devido a uma dependência emocional e física. Os sintomas comuns são consumo repetido e exagerado de álcool apesar de problemas familiares, legais e de saúde. ACESSE.

Dependência Química

A compulsão pela droga e pelo efeito causado por ela altera a vida do dependente afetando as relações familiares, social e profissional, trazendo para o indivíduo um intenso sofrimento tanto físico como emocional. Prejuízos neurológicos e cognitivos causados são em sua maioria irreversíveis. ACESSE.

Tratamento para Esquizofrenicos

A esquizofrenia é uma doença que não tem cura, porem o tratamento pode ajudar muito. Raramente exige exames laboratoriais ou de imagem e requer uma avaliação médica. A causa primaria é desconhecida, porém tendências genéticas, desequilíbrio químico do cérebro e ambiente podem ser fatores de sua causa. No Brasil são constatados mais de 150 mil casos por ano. ACESSE.

clinicas de recuperação

Clínicas de recuperação tratamento para alcoólatras.

GRUPO RECUPERAR

Entre Em Contato Conosco:

CONTATOS

FONES: 11  4611 5166
WHATSAPP: 11 9 5050 7673
CELULAR VIVO: 11 9 5050 7673